CULTURA

João Bid celebra 60 anos com novo álbum


 
Em 1982, vencido pelo cansaço diante da enorme insistência dos amigos, João Bid criou coragem para cantar. Ao contornar a melodia colorida de Palco, música que ele havia acabado de compor em parceria com os amigos Kiko, Chicão e Módolo, selava oficialmente seu ingresso no lendário Grupo Catavento. Naquele instante, João Bid se descobriu cantor, compositor. Artista.
 
Na segunda-feira (19), o músico mairiquense completa 60 anos de idade e a festa será celebrada com o show de lançamento de seu segundo CD solo, intitulado Ensaio sobre nossas coisas. A apresentação ocorre às 19h30 no Centro Municipal de Educação e Cultura (Cemec), de Mairinque, e a entrada é gratuita e aberta a todos os interessados.
 
Gravado na casa de Bid e produzido de maneira independente, o álbum conta com 14 músicas inéditas compostas com 13 parceiros ao longo dos quase 35 anos de carreira. "A ideia do disco é celebrar as parcerias musicais que a vida me deu", comenta o artista. Com tiragem inicial de 1 mil exemplares, o CD estará à venda na noite do show a R$ 15 e posteriormente poderá ser encomendado pelo e-mail daisaprodcult@bol.com.br.
 
A fim de priorizar a essência da canção, ou seja, a melodia e a poesia das letras, João Bid dispensou banda e arranjos sofisticados para apostar em uma relação mais direta e intimista. Assim como no show que apresentará na segunda, a gravação foi totalmente feita no formato voz e violão, tocado pelo jovem músico Matheus Pezzotta, de 22 anos.
 
Como uma espécie de retrospectiva da carreira, Ensaio sobre nossas coisas foi concebido de maneira cronológica, abrindo com Palco, passando por outras canções feitas com ex-integrantes da Catavento e velhos amigos, até chegar a músicas mais novas, compostas com parceiros da nova geração como Vinícius Paes, Fabio Gouvea, Matheus Pezzota, Edson D"aísa, Robson Silvestrini, Celso Andrade e Lisa Camargo. "A MPB não envelhece nunca", defende Bid, destacando que o disco fecha com Velho olhar, música escrita em parceria com Pezzota, que narra um diálogo entre dois homens de gerações distintas.
 
O álbum também traz a canção Sonhos, parceria com Joaquim Moreno que conquistou o 1º lugar no Prêmio Sorocaba de Música -- Festival Nacional de Música Brasileira de 2013.
 
O artista que aprendeu a compor canções de maneira intuitiva reconhece que sua habilidade como letrista foi sendo aprimorada ao longo dos anos, graças ao respeitável time de parceiros que ora cede melodias para serem lapidadas com palavras precisas, ora se oferecem para musicar os versos escritos. Satisfeito com o resultado final do novo projeto, João Bid afirma que o CD é a materialização do álbum que sempre sonhou gravar. "É um disco muito direto e muito verdadeiro. Até os erros estão lá", confessa.
 
Além de celebrar a vida e as parcerias, Ensaio sobre nossas coisas tem a pretensão, segundo Bid, de ajudar a resgatar o interesse pela contemplação das canções. O compositor comenta que em tempos de acesso facilitado à música por meio da internet e das plataformas digitais, paradoxalmente as pessoas estão menos propensas ao processo de escuta mais aguçada. "E não é só a escuta. Tem essa coisa do CD físico, de pegar no encarte, de ler as letras várias vezes e entender de diferentes formas", acrescenta.
 
Carreira teve como ponto alto o grupo Catavento
 
João Bid teve como ponto alto de sua carreira o grupo Catavento -- -- até hoje lembrado como um das bandas de MPB mais famosas de toda a região. Ao lado de Kiko, Chicão e Módolo, por mais de uma década, venceu três festivais e atuou em shows por diversas cidades brasileiras e no exterior. Em janeiro de 1987, quando o grupo gravava um disco pelo selo Eldorado, um acidente automobilístico na Raposo Tavares tirou a vida de Kiko e Chico. Sem dois de seus fundadores, o Catavento até que tentou prosseguir com outros integrantes até gravar o CD Novos ventos,velhos amigos, em 2005. Em 2010, morre Abelardo Fonseca e o grupo encerrou suas atividades em definitivo.
 
Em 2003, Bid lançou o disco Casmurro na canção, que traz dez canções compostas em parceria com Robson Silvestrini baseadas no livro Dom Casmurro, de Machado de Assis. Em 2005, lançou o primeiro álbum solo intitulado O tempo e a paciência, onde registrou suas letras musicadas por seus diversos parceiros a partir da crônica homônima do escritor português José Saramago.
 
 
Serviço: O cantor e compositor João Bid faz show de lançamento do CD Ensaio sobre nossas coisas nesta segunda-feira, às 19h30, no Centro Municipal de Educação e Cultura (Cemec), de Mairinque. A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados. O Cemec fica na praça Dom José Gáspar, 23