BLOG DO SÃO BENTO

Concentração até o último segundo


"O sentimento no vestiário era um sentimento de derrotado. Teremos de retomar o procedimento mental, de organização, para que não soframos, ou pelo menos evitemos, tomar gol depois dos 40 (minutos)", declarou o técnico Marquinhos Santos, do São Bento. A declaração ocorreu na coletiva de imprensa após o empate em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, no último sábado, pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O "fantasma" dos gols sofridos no último quarto de tempo -- causando empates ou derrotas -- continua a assombrar o time de Sorocaba. Trata-se de uma sina que vem desde o Campeonato Paulista. E, somente na segunda divisão nacional, o fato aconteceu oito vezes, ou seja, em 40% dos confrontos.

O gol de empate do Brasil de Pelotas, marcado pelo zagueiro Leandro Camilo, saiu aos 39" do segundo tempo. "Vamos ter de retomar o trabalho (mental) desde o início. Os atletas no vestiário sentiram demais, foi revoltante a forma como entregamos o jogo ao adversário", disse Marquinhos Santos.

"Temos muito que melhorar depois dos 40 minutos. O cansaço físico traz essa "queda mental"", acrescentou. O treinador comentou, também, que o psicológico pode ter influenciado na hora de matar o jogo, já que o São Bento criou várias oportunidades, especialmente no segundo tempo. Porém, fez uma ressalva: "Os atletas tiveram competência para finalizar, coloco o mérito para o goleiro Marcelo Pitol."

Por conta da situação de fragilidade mental e concentração, o São Bento chegou a contratar na segunda quinzena de julho os serviços da psicóloga Alessandra Dutra, do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). A profissional foi a responsável pela preparação de vários atletas e equipes nas últimas três edições dos Jogos Olímpicos, Pan-Americanos, Mundiais e Campeonatos Sul-Americanos.

O próximo compromisso do Azulão na Série B será no sábado (17), diante do CSA, às 21h, fora de casa. "Vamos estudar bem a equipe do CSA, que vem fazendo uma excelente campanha com o Marcelo Cabo no comando. O São Bento tem que vencer fora de casa", afirmou o técnico beneditino.